My script

Siga-nos no Facebook

Nosso Instagram

Instagram

quarta-feira, 11 de março de 2015

Especulações sobre a renúcia do Papa Bento XVI


Seja lá o que possa ter ocasionado esta atitude de renúncia, a suposta alegação de idade avançada é simplesmente absurda, pois Bento XVI assumiu o papado aos 78 anos, e não foi escolhido ao acaso pelo Colégio de Cardeais, já que na ocasião praticou aquilo que sabe de cor e salteado, articulação política ostensiva, tanto que foi “escolhido” logo na segunda rodada (não iria pegar bem, caso a escolha daquelas mais de 180 “cobras criadas” fosse definida logo na primeira rodada). 

A real motivação para a inusitada decisão fica por conta das “Teorias da conspiração”.

Teorias da conspiração, como se sabe, são teorias que tem uma relação com eventos históricos, sombrios, cujas origens acreditam-se, não podem vir à tona. 

Essas teorias sempre contêm argumentos duvidosos, não passando para os descrentes de brincadeiras, porque não se fundamentam em evidências concretas. 

Veja alguma delas:

Papa Bento XVI Ateu? 

Ao denunciar a existência de “hipocrisia religiosa” na primeira missa após sua renuncia, o papa Bento XVI reforçou uma das teorias de conspiração sobre sua renuncia, a de que ele perdeu a fé e se tornou ateu. Será? 

Mas de qualquer forma, sempre há quem acredite. Neste caso do papa, de acordo com algumas dessas teorias, Bento XVI perdeu a fé porque, depois de tantos anos estudando as escrituras, tomou a consciência de que tudo aquilo não tem nenhum sentido. 

Por isso, por uma questão de honestidade, Bento XVI decidiu renunciar ao seu pontificado para não ter de continuar a falar de um Deus em que não acredita. 

Bento XVI Homossexual? 

Nessa teoria, acredita-se que Bento XVI decidiu se aposentar para não envolver a Igreja caso Paolo Gabriele, seu ex-mordomo e um dos envolvimentos no Vatileaks, divulgue à imprensa documentos sobre suas práticas homossexuais. Esse seria o motivo de o papa ter absolvido Paolo Gabriele logo depois de ele ter sido condenado por entregar documentos sigilosos a um jornalista. 

Bento XVI Pedófilo? 

Outra teoria da conspiração, que tem a ver com a anterior, dá conta de que um jornal conseguiu provas de que Bento XVI, em sua época de bispado, foi pedófilo. Esse jornal teria conseguido as provas de um homem que na infância foi vitima de abuso sexual do futuro papa. Esse seria o motivo de o papa, de início, não ter dado importância às acusações de pedofilia dentro da Igreja. 

Existem outras teorias que por mais absurdas que possam parecer, continuarão brotando feito erva daninha enquanto vaticano, papa, imprensa, bispos e padres continuarem se contradizendo. 

Agora chega! Não falo mais sobre esse assunto neste blog!

Vamos focar em Juízes, certo?

O fato é que depois que Bento XVI renunciou ao papado no dia 11 de fevereiro, alguns cristãos pararam para pensar a respeito de algumas teorias ligadas as profecias do apocalipse.

Está se falando muito agora nas profecias de um tal santo católico, chamado São Malaquias, que fala do próximo Papa como o último a tomar a liderança no Vaticano.

Na realidade em 1139, ele fez algumas previsões a respeito do mandato de 112 papas que seguiriam após o término do pontificado do então Papa Celestino II, que ocorreu em 1143.

O que sustenta a profecia de São Malaquias sobre os papas e o fim do mundo são as semelhanças entre as citações atribuídas por São Malaquias com os três papas últimos papas, como seguem abaixo...

Papa João Paulo I

Este foi Papa de n° 109 da lista de São Malaquias, a citação usada pelo santo para definir o mandato foi “De Medietate Lunae” que significa “Da Meia-lua”. E qual a semelhança? A semelhança reside no fato de que o nome do Papa João Paulo I era Albino Luciani, que significa luz branca. Este Papa ficou no posto por apenas um mês, e morreu em 1978. Eventos significativos na vida do Papa ocorreram em noites de meia-lua, segundo as terias da conspiração.


Este papa atuou até 2005, quando morreu aos 92 anos, ocupando segundo a lista de São Malaquias o n° 110. “Ele, em sua previsão, definiu o papa que ocuparia este posto com a frase “De Laboris Solis”, que significa “aquele que vem do leste” ou como o papa de um grande e prolongado trabalho”. Karol Jósef Wojtyla, seu nome de batismo, nasceu na Polônia e exerceu o pontificado por 27 anos, o terceiro mais longo da história da Igreja Católica.

Papa Bento XVI

Segunda a previsão de São Malaquias o 111º Papa seria comparado ao papa de n° 104 de sua lista. Adivinhem, este papa chamou-se , Bento XVe a predição diz que o 111º Papa, Bento XVI, não conseguiria evitar uma terceira grande guerra entre nações árabes contra a região em que atualmente ficam os Estados Unidos da América, e em seguida, contra a Europa e a África. A profecia de São Malaquias relata ainda que o 111º Papa seria morto durante essa guerra, em algum momento entre os anos de 2009 e 2010, mas isso não aconteceu.

112º Papa???

Na profecia de São Malaquias, o 112º Papa é o último de sua lista e definido desta vez com um nome, ao invés de uma frase: “Petrus Romanus”, que significa Pedro, o Romano, nome do primeiro bispo de Roma segundo os católicos. Na profecia de São Malaquias, o pontificado do próximo papa terminará com o Juízo Final e o fim da Igreja Católica: “Pedro, o Romano, que vai alimentar as ovelhas através de muitas tribulações, após as quais a cidade das sete colinas será destruída e o juiz tremendo julgará o seu povo. Fim”, diz o texto, que você poderá ler na Wikipédia

O anticristo

A especulação sobre o papa possivelmente sendo o Anticristo gira basicamente em torno de Apocalipse 17:9, descrevendo o sistema perverso do fim dos tempos, simbolizado por uma mulher cavalgando uma besta, Apocalipse 17:9 declara: “Aqui o sentido, que tem sabedoria. As sete cabeças são sete montes, sobre os quais a mulher está assentada”.

Nos tempos antigos, a cidade de Roma era conhecida como "a cidade das sete colinas" porque há sete colinas importantes que a cercam.

Sendo assim, acredita-se que o Anticristo esteja de alguma forma ligado a Roma.

Então, se o maldito sistema do final dos tempos estiver de alguma forma associado a Roma, não é preciso raciocinar muito para ver uma potencial conexão com a Igreja Católica Romana, que por coincidência está estabelecida em Roma.

Numerosas passagens na Bíblia descrevem um "Anticristo" que irá liderar o movimento anticristo no fim dos tempos (Daniel 9:27; 2 Tessalonicenses 2:3-4,Apocalipse 13:5-8).

Assim, se o perverso sistema mundial do fim dos tempos for centrado em Roma e liderado por um sujeito, adivinhe, o papa é um sério candidato.

Parafraseando William Shakespeare novamente: "Há algo de estranho no reino do Vaticano"

O cardeal Keith O'Brien, o líder religioso mais importante na hierarquia da Igreja Católica na Grã-Bretanha, renunciou hoje (25), após de ter seu nome envolvido em um escândalo sexual ocorrido há 33 anos.

De acordo com o pronunciamento, “o papa Bento XVI, conhecedor de causa desse tipo de renuncia, aceitou em 18 de fevereiro a demissão do cardeal O'Brien alegando motivos de idade avançada".

Para você ter uma ideia da importância de O'Brien, ele é um dos 116 cardeais que devem participar do Conclave que elegerá o novo pontífice, após a renúncia de Bento XVI.

Entretanto, o cardeal informou nesta segunda, junto com o anúncio de sua demissão, que não irá ao Vaticano para a eleição do novo papa porque não quer ofuscar a atenção da mídia por causa das maldosas fofocas a seu respeito.

O santo cardeal O'Brien, 74 anos, nega de pé junto, as acusações feitas por três padres caguetas e um ex-religioso, que foram comunicadas a Roma uma semana antes da renúncia de Bento XVI, em 11 de fevereiro.

Os quatro corajosos, da diocese de St Andrews e Edimburgo, na Escócia, afirmaram ao embaixador do vaticano no Reino Unido, o arcebispo Antonio Mennini, que foram vítimas de assédio sexual pelo santo cardeal...

Disseram inclusive, que O'Brien aproveitava as orações noturnas para aventurar-se em suas aventuras homossexuais...

Os delatores temem que as acusações não sejam examinadas da maneira devida porque a Igreja Católica tem a tendência a acobertar e proteger o santo sistema a qualquer preço, nem que para isso tenha que afastar os pervertidos sexuais por motivo de idade, afirmou uma das vítimas.

As denúncias só fazem aumentar a pressão sobre a desgastada Igreja Católica, que já vinha enfrentando acusações de corrupção, perversões sexuais, pedofilia e renuncias estranhamente motivadas por idade avançada.

Este é o assunto mais comentado hoje nas redes sociais e nos sites de notícias no dia de hoje.

Desculpem-me os mais de 2.000 visitantes diários deste blog, mas não tem como deixar passar em branco mais algumas teorias conspiratórias sobre a renuncia de Bento XVI...

Nas postagens anteriores, você ficou conhecendo algumas das mais impressionantes teorias...

A teoria mais recente foi levantada pelo ativista gay católico e blogueiro Andrew Sullivan, que causou certa revolta no vaticano ao afirmar que o papa Bento XVI pode ter renunciado por ser homossexual.

Andrew Sullivan é conhecido pela sua atuação como ativista pelos direitos LGBTS dentro da Igreja.

O motivo da especulação é o anúncio de que Bento XVI continuará vivendo no Vaticano com seu secretário de confiança, Dom Georg Gaenswein.

O ativista escreveu um post intitulado “Dois Papas, um secretário”, onde especula que Bento XVI, de 85 anos, tem um relacionamento suspeito com Dom Georg Gaenswein, de 56.

Apelidado de “Georg lindo” pela mídia italiana, o secretário recentemente foi evidência na capa da Vogue italiana e a revista Vanity Fair, publicou uma matéria sobre ele com o “Padre Georg – Não é pecado ser bonito”.

Usando trechos de entrevistas antigas do padre galã Georg Gaenswein, o blogueiro faz várias afirmações fortes, ligando a renúncia do papa a este “segredo” do Vaticano.

Em um destes trechos ele cita que aparentemente, o padre bonitão passa mais de 12 horas por dia ao lado do papa e confessa que seu coração ainda “bate mais forte” quando vê o pontífice.

O ativista ainda questiona porque Bento XVI embora se pronuncie contra o casamento gay não tomou as medidas prometidas para punir os sacerdotes envolvidos em escândalos de pedofilia...

O texto de blogueiro foi reproduzido em diferentes sites da internet e jornais de grande circulação, incluindo o Huffington Post, considerado o blog mais influente do mundo.

Seu argumento mais forte é a matéria do influente jornal italiano La Repubblica, que liga a renúncia do papa a um documento incriminador que fala da força de um “lobby gay” junto ao Vaticano.

Embora o La Repubblica não revele suas fontes, é quase uma reprodução do que a revista Panorama noticiou recentemente, apontando que existe uma espécie de dossiê de 300 páginas, mostrando a existência de um “lobby gay” dentro do Vaticano.

La Repubblica ainda menciona que quando era apenas o Cardeal Ratzinger, Bento XVI ficou encarregado da investigação dos casos de abusos de crianças, mas nenhuma ação concreta foi tomada.

Jornal chegou a afirmar ainda nesta matéria que “Pela primeira vez a palavra homossexualidade foi pronunciada no gabinete papal”.

Voltando ao ativista, o blogueiro apontou ainda uma “rede subterrânea gay que arranja encontros sexuais de padres católicos em vários locais de Roma e do Vaticano”.

As denúncias foram publicamente negadas pelo Vaticano, mas a história mostra que esse tipo de denúncia contra os papas e padres não é novidade.

Segundo alguns livros sobre a vida dos papas, Paulo II (1464-1471),SistoIV (1471-1484), Leão X (1513-1521) e Júlio III (1550-1555) também viveram sob esse tipo de suspeita. 

A julgar pelo que aconteceu após a renúncia do papa, essas graves acusações parecem ter embasamento.

O fato é que cada vez mais parece claro que não foi a saúde de Bento XVI o real motivo da renuncia, mas sim a saúda da velha igreja Católica...

Após a renúncia do atual papa da Igreja Católica, Bento XVI, têm se brotado inúmeras teorias envolvendo o clero católico.

Vemos então, várias teorias sem fundamentos e outras que nos fazem pensar...

Dando prosseguimento a esta série de teorias, apresento nesta postagem, mais uma intrigante explicação do que pode vir a ser o futuro tenebroso que nos espera...

Será que esta teoria faz algum sentido?

Estaríamos prestes a conhecer o anticristo?

Porque os últimos acontecimentos envolvendo o catolicismo tem despertado tanto interesse de cristãos e estudiosos da Bíblia?

Leia o artigo e deixe sua opinião!Segundo esta teoria baseada em Apocalipse 17:1, o papa João Paulo II vai voltar do mundo dos mortos para se tornar o anticristo... Será?

Vejamos as explicações:

“E Veio um dos sete anjos que tinham as sete taças, e falou comigo, dizendo-me: Vem, mostrar-te-ei a condenação da grande prostituta que está assentada sobre muitas águas” (Apocalipse 17:1)

Segundo os estudiosos desta teoria, primeiramente precisamos conhecer alguns elementos contidos nos versículos de Apocalipse 17. Então anote...

Quem seria a “GRANDE PROSTITUTA” no texto de Apocalipse 17:1?

Segundo alguns comentaristas, nas Sagradas Escrituras a palavra MULHER, significa, IGREJA. (Efésios 5:22-25)

E qual o significado de águas: no texto de Apocalipse 17:1?

Segundo os que acreditam nesta teoria, a expressão MUITAS ÁGUAS = MULTIDÕES, NAÇÕES, POVOS E LÍNGUAS. (Apocalipse 17:15)

Vá anotando...

A teoria continua sua base em Apocaplise 17:2-4, que diz, “Com a qual se prostituíram os reis da terra; e os que habitam na terra se embebedaram com o vinho da sua prostituição. E levou-me em espírito a um deserto, e vi uma mulher assentada sobre uma besta de cor de escarlata, que estava cheia de nomes de blasfêmia, e tinha sete cabeças e dez chifres. E a mulher estava vestida de púrpura e de escarlata, e adornada com ouro, e pedras preciosas e pérolas; e tinha na sua mão um cálice de ouro cheio das abominações e da imundícia da sua prostituição”. (Apocaplise 17:2-4)

Segundo esta teoria, a cor ESCARLATE = VERMELHA e a cor PÚRPURA, que foi assim descrito por João que ao ver os líderes da Igreja vestidos dessa forma entendeu que se tratava de uma Igreja rica e poderosa, já que na época em que ele (João) viveu, apenas pessoas altamente ricas e poderosas podiam se vestir de igual forma visto que era muito caro obter tecidos nesses padrões.

Vá anotando...

Seguindo o embasamento da teoria, em Apocalipse 17:5 diz, “E na sua testa estava escrito o nome: Mistério, a grande Babilônia, a mãe das prostituições e abominações da terra”. Aqui se vê a palavra BABILÔNIA que vem de BABEL e quer dizer CONFUSÃO...

Continuando...

Apocalipse 17:6, “E vi que a mulher estava embriagada do sangue dos santos, e do sangue das testemunhas de Yaohushua. E, vendo-a eu, maravilhei-me com grande admiração”.

Aqui a teoria começa a apontar quem seria esta mulher. Uma igreja embriagada pelo sangue das testemunhas do Messias. Segundo a teoria, esta igreja foi à única responsável pela morte de mais de 100 milhões de cristãos na “Santa Inquisição”.

Então que Igreja é essa?

Baseando-se em Apocalipse 17:9 que diz, “Aqui o sentido, que tem sabedoria. As sete cabeças são sete montes, sobre os quais a mulher está assentada”. E em Daniel 7:23 que diz, “Disse assim: O quarto animal será o quarto reino na terra, o qual será diferente de todos os reinos; e devorará toda a terra, e a pisará aos pés, e a fará em pedaços”.

Chegaram a seguinte conclusão:

Em 11/02/1929 Mussolini assina o Tratado de Latrão, estabelecendo o Estado soberano da Cidade do Vaticano, declarando que o Catolicismo era a religião oficial da Itália.

O Tratado de 1929 fixou também o caráter internacional da Santa Sé, que é reconhecida perante a legislação internacional e mantém relações diplomáticas com outras nações.

A esse respeito, o Estado da Cidade do Vaticano foi instituído como uma realidade jurídica e política, à qual é necessário identificar e garantir a absoluta e visível independência da Fé Apostólica no exercício de sua elevada missão espiritual no mundo.

Essa Igreja que é o único estado do mundo localizado entre sete montes, rica, poderosa, vestida de escarlate e púrpura, adornada de ouro, embriagada do sangue das testemunhas do Messias, é também influente no mundo inteiro exercendo poder sobre líderes e reis de toda a terra, que além de ser uma igreja, é também um país, onde lá possui alguém que segundo os estudiosos desta teoria, quer tomar a prerrogativa de ser igual ao Criador...

Segundo esta teoria, só pode ser uma igreja:


E a Besta, quem será então? 

Em Cristo!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nosso FACEBOOK

Seguidores

Páginas