My script

Siga-nos no Facebook

Nosso Instagram

Instagram

sábado, 31 de dezembro de 2016

A cura do Coxo na Porta Formosa do Templo de Jerusalem.

Texto Bíblico:


E Pedro e João subiam juntos ao templo à hora da oração, a nona.E era trazido um homem que desde o ventre de sua mãe era coxo, o qual todos os dias punham à porta do templo, chamada Formosa, para pedir esmola aos que entravam.Atos 3:1-2

Essa é uma passagem Bíblica bem conhecida e é difícil ouvir coisas novas sobre ela porque em uma primeira vista já transmite algo tão glorioso que por si só basta: nem alegorias, nem entrelinhas, nem contexto histórico seriam capazes de acrescentar informações mais valiosas que a cura de um coxo através da fé no Nome de Jesus. E foi exatamente a objetividade de Lucas ao descrever a cura do coxo que me instigou na busca sobre : quem era esse coxo e o que significava a tal porta Formosa? Como disse anteriormente, o desconhecimento dessas informações não diminui o poder da mensagem. Porém, o apro-fundamento nos detalhes nos proporciona maravilhamento quanto ao agir de Deus: Ele é perfeito e faz com que todas as coisas, de fato, contribuam para o bem dos que O amam (Romanos 8:28). Assim, com a presença de Deus entre seu povo, um simples encontro no meio da rua, a caminho de algum lugar, possibilita acontecimentos extraordinários. Foi o que aconteceu com o coxo da Porta Formosa.

A Porta Formosa – Dados históricos

No capitulo três do livro de Neemias é descrita a reconstrução das doze portas do templo de Jerusalém, mas a porta Formosa não aparece, pelo menos com esse nome. A menção a essa porta, só aparece no livro de Atos dos apóstolos. O historiador Flávio Josefo, relaciona Formosa como sendo a mesma “Porta de Jafa” ou “Porta Velha” no exterior do templo, uma pré porta de acesso ao pátio das mulheres. Os árabes chamam-na de “ Bab el Jalil (Porta do Amigo); abre-se para oeste, em direção ao porto da Cidade de Jafa. É a mais conhecida e movimentada de todas, devido ao constante fluxo de turistas de todos os lugares do mundo.

Atualmente as portas de Jerusalém são em número de oito e não mais doze. O que teria acontecido as outras quatro portas? Eu jamais teria observado esse importante fato se não fosse o relato sobre a Porta Formosa em Atos dos Apóstolos. As portas que não mais existem são: Porta de Efraim, Mifcade, dos Cavalos e porta Oriental (dourada ou da compaixão). Pelo menos sobre esta última há explicação concreta: se encontra lacrada, Jesus entrou por ela assentado em um burrinho ao ser aclamado pela multidão como Rei e Messias. (Mateus 21). Os judeus aguardam a chegada do Messias entrando por esta porta.

Ez 44.2 – “E disse-me o Senhor: Esta porta estará fechada, não se abrirá; ninguém entrará por ela, porque o Senhor Deus de Israel entrou por ela; por isso estará fechada”.

Deus tem o controle e o domínio sobre todas as coisas. Jerusalém terrestre é uma analogia a Jerusalém celestial: (Apocalipse 21:2:)” Vi também a cidade santa, a nova Jerusalém, que descia do céu, da parte de Deus, ataviada como noiva adornada para o seu esposo.” E se antes tinha doze portas e hoje somente oito, tem algum sentido. Considerei importante fazer essas observações, mas para não fugir ao tema, voltemos para a Porta Formosa.

A Porta Velha mesma Formosa (Neemias 3.6) - “Jeoiada, filho de Paséia; e Mesulão, filho de Besodéias; restauraram a porta velha, estes a emadeiraram, e levantaram as suas portas com as suas fechaduras e os seus ferrolhos”. Segundo a tradição, esta porta simbolizava a tradição e a história falada dos hebreus, o tesouro antigo, acerca das gerações de sua origem.

O Coxo

Seu nome não é mencionado, Atos 4:22 diz que ele tinha 40 anos quando encontrou Pedro e João na Porta Formosa, a deficiência era de nascença. Há quem diga que ele não estava exatamente na porta Formosa, mas a caminho dela quando encontra os apóstolos. Não comungo dessa interpretação. Mas a caminho, sendo carregado, ou já assentado no lugar de sempre, o importante foi que aquele seria um dia diferente:

“E Pedro e João subiam juntos ao templo à hora da oração, a nona. E era trazido um homem que desde o ventre de sua mãe era coxo, o qual todos os dias punham à porta do templo, chamada Formosa, para pedir esmola aos que entravam. O qual, vendo a Pedro e a João que iam entrando no templo, pediu que lhe dessem uma esmola. E Pedro, com João, fitando os olhos nele, disse: Olha para nós. E olhou para eles, esperando receber deles alguma coisa. E disse Pedro: Não tenho prata nem ouro; mas o que tenho isso te dou. Em nome de Jesus Cristo, o Nazareno, levanta-te e anda. E, tomando-o pela mão direita, o levantou, e logo os seus pés e artelhos se firmaram. E, saltando ele, pôs-se em pé, e andou, e entrou com eles no templo, andando, e saltando, e louvando a Deus.” Atos 3:1-8

Eram três horas da tarde, de grande fluxo de pessoas no templo. Imagino que o coxo tinha vários pontos de esmolar pela cidade e pessoas com quem dividia o apurado como forma de retribuir o favor de carregá-lo de um lado para outro. Afinal, um homem de 40 anos, deveria pesar consideravelmente. Certamente já havia encontrado Pedro e João outras vezes e pedido moedas. Os apóstolos reparavam nele, mas ele não fazia pausa alguma para conhecer melhor o que tinham para falar. O coxo já estava acostumado com o ser levado, sustentado e sobreviver de forma tão dificultosa. Quando se acostuma com o mal, ele até se torna aceitável e deixa de incomodar. Isso acontece constantemente e é a causa de não se procurar por mudanças. A porta Formosa estava repleta de mendigos, que por algum motivo, esperavam caridade dos religiosos, do lado de fora do templo, porque se achavam indignos, de frequentar o interior do local. Ou o mundo os tinha convencido disso.

Algo que me chama bastante atenção nesse milagre é o fato de que imediatamente após ser curado, o homem entra no templo e segue com os discípulos até o pórtico de Salomão, um lugar que ele só imaginava como era, mas nunca tinha estado. Quanta alegria, quantos louvores não deve ter saído dos lábios daquele que era coxo e também dos que o viam! Agora ele sabia que existia algo muito mais precioso que o ouro ou a prata que ajuntava em seus depósitos e que às vezes lhe faltava.

Considerações Finais

Querido leitor, quero destacar algo que também me chama a atenção nessa história: “E Pedro, com João, fitando os olhos nele, disse: Olha para nós. E olhou para eles, esperando receber deles alguma coisa”. (Atos 3:4,5). Os discípulos se abaixaram para olhar nos olhos daquele coxo, um ato de amor e compaixão que talvez ninguém tenha ousado fazer antes. O coxo pedia e as pessoas davam, jogavam moedas em suas mãos, sua cesta e prosseguiam seus caminhos. O coxo era “o coxo” e sua condição era insignificante aos olhos de muitos. Mas vem Pedro e João, enviados de Deus, falando em Nome de Jesus e dizendo: “Eu me importo com você, desço até sua miséria para te resgatar porque você é precioso para mim, te comprei pelo mais alto preço”. Oh glória! Quem é que resgata o pobre da lama, do calabouço? Quem olha nos olhos e sente todo drama, dor ? Somente Jesus!

Assim, a Porta Formosa a partir do relato de Atos 3, representa Porta de entrada para o Reino celestial, para o conhecimento da Verdade Salvífica, para a grandeza do Nome de Jesus!

Que venha 2017 e com ele a Plenitude da Glória de Jesus sobre a sua vida e familia!!!

FELIZ 2017!!!

Deus vos abençoe a todos!!!

Rev Elimar Gomes-Alves
@egalves7 no Instagram
@prelimargomes no Twitter
@egalves7 no Facebook

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Porque julgar o Pr Silas Malafaia?

Silas Malafaia
O escândalo chegou a ser “noticiado” na Charisma, a maior revista pentecostal do mundo. Infelizmente, a famosa revista americana ficou com a versão da mídia secular, que está convicta de que Malafaia está envolvido em corrupção.
Malafaia, que é tão conhecido que já foi entrevistado em 2011 pelo New York Times, um dos maiores jornais dos EUA, explicouque não houve nenhuma lavagem de dinheiro. O próprio jornalista Reinaldo Azevedo, de quem discordo fortemente em questões homossexuais, escreveu que o que a Polícia Federal fez com Malafaia foi ilegal ao incluir o nome dele só porque ele recebeu uma oferta de um indivíduo envolvido na investigação federal.
Mesmo assim, muitos evangélicos não querem dar o benefício da dúvida a Malafaia. Outros já o consideram culpado e condenado, porque ele recebeu uma oferta voluntária de uma fonte envolvida em corrupção.
Ora, isso significa que se eu receber uma grande oferta de um bruxo ou mafioso, que tenho culpabilidade em todos os seus crimes? Claro que não. O bruxo e o mafioso são livres para vir até mim, ouvir o Evangelho e dar uma oferta, e eu sou livre para aceitar ou não tal oferta.
Os pais de Jesus, José e Maria, eram pobres e aceitaram uma grande oferta de um grupo de bruxos e astrólogos que vieram porque estavam tentando entender os sinais de Deus. José e Maria eram livres para aceitar ou não tal oferta. Mas eles aceitaram, e essa grande oferta foi exatamente o que eles precisavam para cobrir elevadas despesas de uma viagem internacional para fugir para o Egito e permanecer ali algum tempo.
Deus poderia ter enviado ouro diretamente do céu para José e Maria. Mas Ele escolheu usar bruxos. Em vez de deixar que José e Maria tivessem o trabalho de fugir para o Egito com um bebê para escapar do rei Herodes, Deus poderia ter eliminado o rei sanguinário, que estava determinado a matar o bebê Jesus. Mas Deus não eliminou o rei assassino de bebês.
Ou, em vez de enviar bruxos, Ele poderia ter enviado profetas e sacerdotes judeus. Mas já não havia profetas em Israel e os sacerdotes eram corruptos. Eles eram corruptos conhecendo a Palavra de Deus. Os bruxos que ofertaram para Jesus demonstram uma abertura de coração que Deus usou. Eles não eram judeus. Eles eram corruptos, mas não conheciam a Palavra de Deus do jeito que os sacerdotes judeus conheciam.
O Dicionário Bíblico Ilustrado Zondervan, de J. D. Douglas, diz: “Os MAGOS do Oriente mencionados em Mateus 2:1 (magos G3407) eram sacerdotes persas de elevada categoria especialistas em ASTROLOGIA e outras práticas de ocultismo.”
O Dicionário Bíblico Ilustrado Holman, de Chad Brand, diz no verbete “magos,” em referência a Mateus 2:1: “Sábios orientais, sacerdotes e astrólogos especialistas na interpretação de sonhos e outras práticas ocultistas.”
Ganhar dinheiro à custa de práticas de astrologia e ocultismo é, na Bíblia, corrupção pura. No caso dos magos da Bíblia, eles ganharam muito dinheiro. Eles tinham ouro.
Não é comum ver bruxos ricos ofertando ouro e joias para uma família pobre que adora a Deus. Mas Deus faz maravilhas!
Os teólogos judeus não souberam reconhecer Deus enviando o bebê Jesus. Portanto, eles não poderiam ajudar seus pais necessitados. Deus precisou trazer bruxos e astrólogos de longe para prover os recursos necessários. Não é à toa que Ele se chame de Deus do impossível. De fato, Ele faz coisas impossíveis. O que os olhos não viram e o que as mentes humanas nunca imaginaram, é isso o que Deus faz.
Deus usou aqueles bruxos naquele determinado tempo, e depois nunca mais se ouviu deles.
Alguns teólogos hoje, que seguem uma heresia chamada cessacionismo, duvidariam dos sonhos e revelações de José e Maria, com suas visitações de anjos. E se José e Maria dissessem, “Deus confirmou os sonhos e revelações trazendo satanistas para nos ofertar ouro!” os teólogos cessacionistas diriam: “Está confirmado! Isso tudo é do diabo! Tudo: seus sonhos, revelações e visitações de anjos.”
Deus não tem parceria com o diabo, mas quando Deus manda, até o diabo obedece. Quando Deus instrui, até os servos do diabo obedecem.
Só Deus sabe como é que os bruxos ricos obtiveram seu ouro, mas uma coisa é certa: bruxaria e honestidade não andam de mãos dadas! Em contraste, bruxaria e corrupção sempre são parceiros.
Uma coisa é você, como homem ou mulher de Deus, se envolver nos negócios dos bruxos e participar de suas riquezas moralmente ilícitas. Outra é eles voluntariamente darem seu ouro como oferta para você.
Dá então para se acusar José e Maria de envolvimento com bruxaria, ocultismo, astrologia e satanismo só porque eles receberam ouro de bruxos?
Se ninguém, durante dois mil anos, nunca julgou José e Maria por receberem uma grande oferta de ouro de astrólogos e bruxos, por que julgar Silas Malafaia por receber uma grande oferta de um homem envolvido em corrupção?
José e Maria eram pobres e não eram corruptos. Não se pode dizer a mesma coisa dos bruxos e astrólogos que lhes deram a grande oferta.
Malafaia cometeu grandes erros no passado: ele apoiou a eleição e reeleição de Lula, apesar de todas as evidências inconfundíveis de que Lula era abortista e homossexualista. Mas hoje Malafaia tem sido uma voz extremamente importante contra a agenda homossexualista, esquerdista e abortista no Brasil.
Ninguém no meio cristão brasileiro tem sido tão forte e claro, em programas de TV, rádio e até sessões do Congresso Nacional, na defesa da vida e da família quanto ele. Ele se tornou um ícone do contra-ataque pró-família. Toda a Esquerda brasileira o odeia. Não é correto, pois, julgá-lo nem condená-lo precipitadamente, movido por inveja ou ódio religioso.
Não é prudente também julgar um casal cristão pobre que, como José e Maria, precisa receber uma oferta de ouro de bruxos e astrólogos para escapar da perseguição de um abortista Herodes e fugir para um Egito.
Ninguém nunca deu ouro para o casal pobre José e Maria. Os satanistas foram os únicos que Deus usou para tal assistência.
Deus é que sabe se é certo ou errado aceitar uma oferta de bruxos, astrólogos, satanistas e corruptos.
Só Ele é Juiz.
José e Maria aceitaram uma oferta de corruptos, e Deus não os julgou por isso. Jesus e seus apóstolos nunca disseram que os pais de Jesus estavam envolvidos em satanismo e astrologia só por aceitarem ouro de corruptos.
A diferença entre os pais de Jesus e Malafaia é que José e Maria eram pobres, e Malafaia é rico.
Mas quem somos nós para julgá-lo por causa de uma oferta?
Versão em inglês deste artigo: Why Judge Silas Malafaia?

Publiquei este artigo por conhecer pessoalmente o Pr Silas Malafaia e por concordar com as palavras do Brother Julio Severo.
Em Cristo

Rev Elimar Gomes-Alves

domingo, 25 de dezembro de 2016

FELIZ NATAL

Shakespeare dizia:



"Eu sempre me sinto feliz, porque?
Porque eu não espero nada de ninguém,
Expectativas sempre machucam...
A vida é curta, então ame a sua vida e seja feliz..."

Mantenha sempre um sorriso no rosto.
Viva a vida pra voce e os seus... e...
Antes de falar, escute e ouça;
Antes de escrever,  pense... medite;
Antes de orar, perdoe;
Antes de magoar, sinta... reflita;
Antes de gastar, ganhe... poupe;
Antes de desistir,  tente... insista... persista;
Antes de odiar, ame...
Antes de morrer... VIVA!

E sensacional saber que somos chamados e escolhidos por Deus e para sermos seus filhos pela adoção através de Jesus Cristo, o unico Deus que criou todas as coisas, que tem todo o Poder e que escolheu nos amar. 

Foi Ele, o nosso Deus, que deu seu único filho para vir a este mundo e se tornar homem como nós e como homem nos mostrar que nós também podemos vencer e em meio as nossas fraquezas. 

JESUS nasceu e morreu para que pudéssemos viver uma vida plena.

Então viva intensamente esse amor de Deus, por meio de Cristo Jesus! 

"Por que Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu único filho, para todo aqueles que n'Ele crer, não pereça, mas tenha a vida eterma"! João 3:16


Hoje é NATAL... Jesus nasceu!

Manjedoura vizia... Ele cresceu!

Madeiro Lavrado... Ele morreu!

Túmulo vazio... Ele ressuscitou!

Homens olhando para cima... Ele ascendeu ao céu!

Trono ocupado... Ele REINA!

FELIZ NATAL!!!

A trombeta soará... Ele buscará o seu povo!!!

MARANATA!!!

Ora vem Senhor JESUS!!!!


Rev Elimar Gomes-Alves
Pastor, conferencista, articulista cristão
Econosmista e Administrador de Empresas

Siga-nos nas redes sociais:

 @egalves7 - no Instagram e no Facebook;  @prelimargomes - no Twitter


terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Reobote - Deus quer alargar suas tendas em 2017

Graça e Paz a todos!

Obrigado por novamente acessar o nosso Blog, a sua visita é muito mais que importante para mim.

Hoje falaremos sobre uma história pouco conhecida mais com um grande ensinamento para nós.

Leia com calma e deixe que o Espírito Santo te guie e te de o entendimento.


5 passos de Isaque até a benção ( Reobote):

Para entendermos o fim da história temos que observar o início dela: a Bíblia diz que havia uma grande fome na terra onde estavam, e Isaque então vai ter com Abimeleque rei dos Filisteus em Gerar.

E apareceu-lhe o SENHOR, e disse: Não desças ao Egito; habita na terra que eu te disser;

 Peregrina nesta terra, e serei contigo, e te abençoarei; porque a ti e à tua descendência darei todas estas terras, e confirmarei o juramento que tenho jurado a Abraão teu pai;

 E multiplicarei a tua descendência como as estrelas dos céus, e darei à tua descendência todas estas terras; e por meio dela serão benditas todas as nações da terra;

 Porquanto Abraão obedeceu à minha voz, e guardou o meu mandado, os meus preceitos, os meus estatutos, e as minhas leis.

  Assim habitou Isaque em Gerar.

1º Passo: Obediência

Talvez você pense; "foi fácil pra Isaque obedecer pois um anjo do Senhor apareceu - lhe e disse o que ele devia fazer".

Mas lembra que  disse da fome extrema que havia na terra?

Todos naqueles dias estavam descendo para o Egito buscando recursos. O Egito naquela época era a maior potência em todos os sentidos.

Então Deus vai na contramão de tudo e diz para Isaque ficar em Gerar onde havia poucos recursos e não ir para o Egito onde todos estavam indo.

Vejo que Isaque foi obediente as palavra de Deus. E esse é o primeiro passo para quem quer ser abençoado pelo Senhor. 

2º Passo: Confiança

Isaque filho de Abraão era temente e confiante ao Senhor. Pois acompanhando a história bíblica. Vemos que além de ficar em Gerar ele começou a plantar e semear naquele lugar.

E quando vejo ele semeando naquela terra vejo a confiança que ele tinha em Deus.

Mesmo tudo mostrando o contrário vemos um homem guardando as palavras de Deus. As vezes eu e você ouvimos as palavras de Deus mas não semeamos nada.

Em nosso coração as vezes dizemos: " o que vai dar aqui onde estou?. Nessa terra seca vai dar alguma coisa?".

Mas veja nesse versículo em que resultou a obediência e confiança de Isaque:

"E semeou Isaque naquela mesma terra, e colheu naquele mesmo ano cem medidas, porque o SENHOR o abençoava. E engrandeceu-se o homem, e ia enriquecendo-se, até que se tornou mui poderoso. E tinha possessão de ovelhas, e possessão de vacas, e muita gente de serviço, de maneira que os filisteus o invejavam." (Gênesis 26:12-14).

Viu o que gera a nossa confiança?Bençãos e provisão de Deus .

 3º Passo - Persistência

Isaque começou a ser muito abençoado em Gerar. Seu gado,ovelhas e o plantio aumentaram cada vez mais. E isso gerou inveja do Filisteus contra ele. E dai em diante começou a batalha deles contra o servo de Deus.

Leia e veja o que aconteceu:

" E todos os poços, que os servos de seu pai tinham cavado nos dias de seu pai Abraão, os filisteus entulharam e encheram de terra. Disse também Abimeleque a Isaque: Aparta-te de nós; porque muito mais poderoso te tens feito do que nós." (Gênesis 26:15-16).

Mas Isaque não desistiu e nem parou de confiar. Ele desceu até o vale de Gerar e lá habitou.


E tornou Isaque e cavou os poços de água que cavaram nos dias de Abraão seu pai, e que os filisteus entulharam depois da morte de Abraão, e chamou-os pelos nomes que os chamara seu pai.

 Cavaram, pois, os servos de Isaque naquele vale, e acharam ali um poço de águas vivas.

 Viu o que resultou a persistência?

Mesmo que o primeiro poço foi fechado não abateu e nem tirou a benção de Deus sobre a vida de Isaque.

Eles cavaram em outro lugar e acharam águas vivas.

Mas acha que os inimigos desistiram?

4º Passo - Foco e determinação 

Depois que Isaque no vale de Gerar achou águas vivas, apareceram pastores de ovelhas da localidade e contenderam com ele e disseram-lhe: - Está água é nossa!

Já imaginou o sufoco que Isaque estava sentindo?

Ele e seus pastores já tinham um poço fechado e ainda foram expulsos de suas terras, agora novamente aparecem para tomar-lhe o  que tinham cavado e achado águas vivas.

 Então saiu Isaque dali e cavou outro poço mas também lutaram contra ele e tomaram-no por isso chamou-o de Sitna.

Percebeu que em nenhum momento as batalhas não foram por causa de água ou terra?

As lutas eram contra a promessa e contra a vida de Isaque.

Quantas vezes não passamos por momentos assim?

Mesmo sendo fiel e obediente aparecem pessoas que não viram as nossas lutas e sofrimento e simplismente investem pesados para nos desanimar até nos fazer desistir.

Mas siga esse lindo exemplo de Isaque. Focado e determinado a vencer!

5º passo - Ousadia

Mesmo os inimigos investindo pesado contra ele e sua família, Isaque não parou e nem desistiu. Bem pelo contrário, isso deu-o mais coragem e ousadia para buscar a promessa de Deus.

Quando eles acharam que Isaque agora sairia daquele lugar e pararia de sonhar. Vemos agora que ele  partiu dali, e cavou outro poço, mas agora não porfiaram sobre ele; por isso chamou-o Reobote, e disse: "Porque agora nos alargou o SENHOR, e crescemos nesta terra."


Que benção extraordinária não é verdade?

Mas a "benção maior "requereu os 5 passos :
-Obediência
- Confiança
- Persistência
- Foco e determinação
- Ousadia

Depois da obediência, de tanto lutarem contra ele. Isso deu mais força pra que Isaque permanecesse no propósito.

Muitos de nós já tínhamos desistido, ou pensado em desistir, não é verdade? Mas não é isso que devemos fazer. O inimigo pode até fechar um poço, até dois. Mais no terceiro Deus se levanta do trono em nosso favor e diz:

"Agora não, pois isso é promessa minha para o meu filho (a)."

Tem promessa de Deus? Estás em Obediencia, estás confiando, persistindo, mantendo o foco e a determinação e sendo ousado em prosseguir?

Ainda assim as portas se fecharam?

Não se preocupe. Dê os 5 passos de Isaque  e seja mais que abençoado (a). Não Desista, persista... insista... Deus é contigo e te dará um 2017 melhor do que foi seu 2016.

Feliz Natal a todos, e prospero ANO NOVO!!!

Vivendo hoje como se Cristo voltasse amanhã!!

Em Cristo

Rev. Elimar Gomes-Alves
Pastor, professor, Economista, Esposo e pai.

Nosso FACEBOOK

Seguidores

Páginas